Fechando o mês - Abril!!!

Pois é mais um mês que chega ao fim, dessa forma já vivemos quatro meses de 2016 e no meu caso consegui conclui 14 leituras até agora, penso que poderia ter sido mais porém estou feliz pelos títulos que consegui ler até agora. Foram 06 nacionais e 08 estrangeiras, dessas seis de parceira. Enfim vamos focar no mês de Abril e nesse mês só consegui concluir três leituras. Vamos a elas!!!


Em ordem de leitura:
1. Era uma vez no outono - Lisa Kleypas
2. Enquanto Bela Dormia - Elizabeth Blackwell
3. Cinquenta tons de liberdade - E. L. James

Capa mais bonita do mês:
 Enquanto Bela Dormia

Leitura que mais agradou:
Adoro romances de época, então Era uma vez no outono da Lisa Kleypas foi o melhor do mês. Vejam mais da minha opinião AQUI!!!

Leitura que poderia ser melhor:
Enquanto Bela Dormia, vejam porque na minha resenha AQUI!!!

Estou lendo:
Quem me conhece sabe que raramente leio um livro por vez, então sempre estou lendo um livro físico e um em ebook e os escolhidos da vez foram: 

Horas noturnas da mega bem falada autora nacional Bianca Carvalho - estou lendo em ebook, então nem sempre minha visão ajuda, fico com dor de cabeça e olhos lacrimejando, então preciso para por um tempo. Mas esse suspense de época é maravilhoso e minha vontade era não parar de ler até chegar a última página.

Um Novo amanhã - primeiro livro da nova série da Nora Roberts lançado pela editora parceira Arqueiro. Assim como as outras séries lançadas pela editora, nessa a autora consegue deixar o leitor tão a vontade e inserido no enredo que parece que somos amigos dos personagens, bom demais.


Comprei esse mês:
Aproveitei (com moderação) a promoção que a editora Arwen fez por 9,90 durante o feriado de Tiradentes e comprei dois livros que estava desejando a tempos. São os nacionais:



as que me sai melhor foram:

Meta 01 - Estou mega bem!!!
Dos livros que comprei de autores parceiros (2014-2015) que eu precisava ler faltam poucos, agora poderei me organizar para ler os mais antigos e outros títulos dos mesmos autores.

Meta 03 - Finalizei uma das série e agora pretendo no máximo até junho concluir a Série Hush Hush.

No projeto pessoal de ver pelo menos um Filme/ semana estou indo bem, algumas semana não consigo ver porque acabo vendo algumas séries que acompanho, mas no geral estou gostando de voltar a dar atenção a sétima arte.

É isso meus amores esse foi o meu saldo do mês de abril, acredito que foi um mês proveitoso. E o de vocês como foi!!!??? Falem nos comentários ou deixem os links que farei uma visita. Que MAIO seja um mês especial para todos nós!!!!


Obrigada por visitar, ler e deixar sua opinião!!! 
Não esqueça de deixar o endereço do seu blog para que eu possa retribuir seu comentário, ok!!

Livros clássicos que desejo ler!!!

Pois é meus amores eu sempre gostei dos livros clássicos, mas por um motivo ou outro sempre acabo deixando a leitura deles para depois e dessa forma eles só se acumulam nas famosas listas de livros para ler e desejados. 

Mas de uns tempos para cá fiquei mega feliz ao perceber que várias blogueiras amigas estão lendo e comentando bem mais sobre os clássicos e dessa forma acabei ficando curiosa com alguns títulos que ainda não tenho, eu até já tinha ouvido falar de suas histórias mas só agora tive aquele "clik" que despertou meu real desejo de ler. Vamos aos desejados!!!

Jane Eyre - Charlotte Bronte - já não é novidade que desejo esse livro!!! Muitas são as edições, então escolhi essa porque amei a capa, mas acredito que essa só tenham em inglês!!!

Minha curiosidade voltou a ser despertada após a amiga Paty do Leituras da Paty começar a ler ele no projeto #LeituiradeDomingo
Sinopse: Jane Eyre é uma menina órfã que vive com sua tia, a sra. Reed, e seus primos, que sempre a maltratam. Até que, cansada do convívio forçado com a sobrinha de seu falecido esposo, a mulher envia Jane a um colégio para moças, onde ela cresce e se torna professora. Com o tempo, cresce nela a vontade de expandir seus horizontes. Ela põe um anúncio no jornal em busca de trabalho como governanta. O anúncio é respondido pela senhora Fairfax, e Jane parte do colégio para trabalhar em Thornfield Hall. Lá, ela conhece seu patrão, o sr. Rochester, um homem brusco e sombrio, por quem se apaixona. Mas um grande segredo do passado se interpõe entre eles.

A letra escarlate - Nathaniel Hawthorne - Adoro essa capa e vocês!!!??? Eu fiquei curiosa para ler esse livro após ler a opinião da Ana do Mademoiselle loves books

Sinopse:
Na rígida comunidade puritana de Boston do século XVII, a jovem Hester Prynne tem uma relação adúltera que termina com o nascimento de uma criança ilegítima. Desonrada e renegada publicamente, ela é obrigada a levar sempre a letra “A” de adúltera bordada em seu peito. Hester, primeira autêntica heroína da literatura norte-americana, se vale de sua força interior e de sua convicção de espírito para criar a filha sozinha, lidar com a volta do marido e proteger o segredo acerca da identidade de seu amante. Aclamado desde seu lançamento como um clássico, A letra escarlate é um retrato dramático e comovente da submissão e da resistência às normas sociais, da paixão e da fragilidade humanas, e uma das obras-primas da literatura mundial.



A cor púrpura - Alice Walker - Não lembro agora onde fui que eu li a resenha que me convenceu a ler essa história que continua atual, infelizmente, devido ao preconceito racial em seu enredo. 

Sinopse:
O livro narra a comovente trajetória de uma mulher negra na racista América do início do século passado. A Cor Púrpura é um romance feminista sobre a força e dignidade do espírito humano.




O Sol é para todos - Harper Lee - Claro que eu já tinha ouvido falar nesse livro, mas foi após ler a resenha da amiga Rafaelle do Fascinada por histórias que tive certeza que queria ler. 

Sinopse:
Um livro emblemático sobre racismo e injustiça: a história de um advogado que defende um homem negro acusado de estuprar uma mulher branca nos Estados Unidos dos anos 1930 e enfrenta represálias da comunidade racista. O livro é narrado pela sensível Scout, filha do advogado. Uma história atemporal sobre tolerância, perda da inocência e conceito de justiça.
O sol é para todos, com seu texto “forte, melodramático, sutil, cômico” (The New Yorker) se tornou um clássico para todas as idades e gerações.



Psicose - Robert Bloch - Esse é outro livro que sua história é muito famosa, mas confesso que apesar de sempre ler elogios ao enredo só quando li a opinião da Jássica do Pitada de cinema e leitura foi que decidi que queria ler e tentar entender ou não o Norman Bates.

Sinopse:
Livro que deu origem ao mais famoso filme de suspense de todos os tempos. Psicose conta a história de Marion Crane, que foge após roubar o dinheiro que foi confiado a ela depositar num banco. Ela então vai parar no Bates Motel, cujo proprietário é Norman Bates, um homem atormentado por sua mãe controladora. Belo suspense, de tirar o fôlego!



O que mais chamou minha atenção nesses livros foi que seus temas continuam atuais, o que pode ser considerado um absurdo, porque a lógica seria que as pessoas e a sociedade tivessem evoluido ao longo dos anos. A condição como as mulheres vivem, os preconceitos com cor da pela, as formas como as pessoas julgam umas as outras e os perigos e consequências de doenças da alma e da mente humanas. Cada um a seu medo desperta minha curiosidade e vontade de refletir as questões abordadas por seus autores. Espero conseguir o quanto antes matar essa vontade. E vocês já leram ou pretendem!!!???

 Obrigada por visitar, ler e deixar sua opinião!!! 
 Não esqueça de deixar o endereço do seu blog para que eu possa retribuir seu comentário, ok!!!?

Enquanto Bela dormia - Elizabeth Blackwell


Autora: Elizabeth Blackwell
Editora: Arqueiro   
(cortesia) - 2016  
366 págs


Esse livro me conquistou primeiro pela capa e segundo por ser uma releitura do clássico A Bela Adormecida. Mas confesso que quando comecei a ler senti minha opinião oscilar mais vezes do que geralmente acontece, quer dizer comecei gostando, depois achei que a narrativa estava devagar, depois comecei a achar interessante, depois senti que a narradora se lamentava demais (tipo: ah se eu tivesse feito diferente, ah se eu não fosse tão inocente, ah se eu tivesse tido mais cuidado com os meus pedidos etc) depois achei que o final salvou tudo de chato que tive que enfrentar até chegar nele. Gostei da forma como a história acabou e da mensagem que passou, que os contos de fadas na realidade são uma verdade "maquiada" da realidade e que viver com medo do algum mal que pode acontecer acaba tornando a vida um inferno.
 
Nessa história narrada em primeira pessoa, mas na forma de lembranças, acompanhamos a trajetória de vida da Elise, da pobreza a vida no castelo como serva pessoal da rainha. Ela nos mostra os bastidores da vida, principalmente no castelo, no período medieval. Toda hierarquia, briga familiar pelo poder, importância de um herdeiro, guerras por territórios, doenças que assolaram o reino, além de todas as intrigas entre criados e a pressão que os nobres sofrem e às escolhas que todos precisam fazem para continuar vivendo na corte. A proposta do livro é mostrar a realidade por trás do suposto conto de fadas envolvendo a princesa Bela, que aqui se chama Rosa, mas apelidado por bela por ser linda.
  
"As criadas pessoais são heroínas precárias, e não me importa que meu papel na história de Rosa seja esquecido. Mas não quero que a lição de sua vida seja obscurecida no mito. O que salvou Rosa foi o amor." pág.358

Claro que o leitor poderá encontrar muitas mensagens bonitas ao longo da narrativa, devido às várias reflexões e questionamentos que a protagonista faz sobre suas escolhas ao longo da vida e as escolhas das pessoas que a cercavam; mas confesso que esperava uma narrativa mais positiva, entendo que para uma pessoa que sofreu tanto como ela fica difícil, mas poucas eram as coisas pelas quais ela agradecia. Colocando numa balança as queixas pesaram mais. E isso foi o que me fez dar apenas três estrelas a esse livro no skoob, ou seja, classifiquei apenas como bom. Porém todos que tiverem curiosidade devem ler para formular suas próprias conclusões porque as histórias tocam cada um de forma diferente, mesmo quando concordamos positivamente ou negativamente são por razões diferente.
 
Enfim fica a dica para quem gosta de imaginar as verdades nos bastidores dos contos de fadas mais conhecidos da história da humanidade.

"Houve uma época em que eu preferia esconder as lembranças da minha vida pregressa a reconhecer tudo o que havia perdido. Agora encontro consolo nessas recordações. Consola-me pensar que a história da Bela Adormecida continuará viva depois de todos nós, uma história de maldade derrotada e amor triunfal que ressoará por séculos. E é assim que deve ser. Porque a verdade não é nenhum conto de fadas." pág. 364



"Os dramas dos personagens mostram-se totalmente divorciados de criaturas mágicas e derivados. Temos um casal que acredita ser infértil, drama familiar, uma jovem que não aceita ser criada numa redoma, amores, desamores, surtos de doenças (o que era extremamente normal na época em que se passa a trama), enfim! Esse foi um ponto que me surpreendeu no livro. A autora ao incluir tais temas, passa realmente a desmistificar a história." Pollyanna Campos

Vejam mais da opinião da leitora, amiga e blogueira Polly aqui no Entre livros e personagens



Obrigada por visitar, ler e deixar sua opinião!!! 
 Não esqueça de deixar o endereço do seu blog para que eu possa retribuir seu comentário, ok!!!?

Era uma vez no Outono - Lisa Kleypas


Série: As Quatro estações do Amor #2  
Autora: Lisa Kleypas    
Editora: Arqueiro   
(cortesia) - 2016  
283 págs


Vocês podem ver minha opinião sobre o primeiro livro da série aqui: 
Segredos de uma noite de verão

Já faz um tempo que conclui a leitura, mas só agora consegui organizar as ideias para formular minha opinião sobre a leitura do segundo livro da série: As quatro estações do amor da Lisa Kleypas para vocês. Por se tratar de um romance de época vocês já deduzem que adorei, geralmente consigo me envolver bem com os enredos desse estilo. Até agora todos que li me agradam.

Assim como no livro anterior a história desse terá seu foco em uma das amigas do grupo de solteironas conseguir um marido e nesse caso percebi que a Lillian não precisou tanto da ajuda das amigas, já que ela e o seu devido par já tinham um sentimento recíproco, mesmo que não percebido previamente; ele só precisou ser desenvolvido junto com a confiança e admiração gradativa.

A história desse livro se passa dois meses após o fim do primeiro livro da série, ou seja ainda estamos em 1843 e dessa vez a americana Lillian Bowman terá oportunidade de ser melhor desenvolvida com todos os seus talentos e defeitos.

Muito interessante saber que a Lillian tem um dom raro de detectar (os cheiros) os componentes de um perfume, dos mais simples aos mais raros. Ela poderia utilizar esse dom na empresa de fragrâncias e sabonetes do pai, mas infelizmente nessa época não era de bom tom mulheres trabalhando fora, nem em empresas famíliares. Por isso ela não vê vantagem nenhuma nesse dom.

"Um dom pouco útil na procura de um marido. Que sorte ter um talento tão inútil! Eu me sairia melhor com uma bela voz ou grande beleza. Como minha mãe diz, é pouco educado um dama gostar de cheirar coisas." Pág. 10
 
A autora nos apresenta com estão as amigas ("folhas secas"): Daisey, Annabelle e Evangeline (Evie) assim temos a oportunidade de matar um pouco da saudade delas e nos preparar para mais confusões e risadas. Enquanto planejam como conseguir um pretendente para Lillian, decidem testar um perfume especial criado por e para Lilian. Essa ideia colocará Lillian e Annabelle em situações com consequências irreversíveis.

"Elas ainda não tinham uma ideia clara sobre quem iriam agarrar, nem um plano sólido para consegui-lo." Pág. 13

"Algumas pessoas acreditam que os perfumes são mágicos. O cheiro de qualquer coisa é sua essência mais pura. E certas fragrâncias podem despertar fantasmas de amores passados, as mais doces lembranças." Pág. 07
 
Temos a oportunidade de acompanhar um pouco do relacionamento entre as irmãs americanas, elas sempre fizeram tudo juntas e a possibilidade de uma delas se casar assusta

"Lillian ... Se você encontrar um marido este ano ... Tudo vai mudar. Você vai mudar. Não haverá mais aventuras ou diversão, e ficarei sozinha.
- Não seja boba - disse Lillian franzindo a testa. - Não vou mudar e você não ficará sozinha. (...) Não vou ter esse tipo de marido. Vou me casar com um homem que não notará ou não se importará com o que faço quando estou longe dele." Pág. 24

"Eu tenho me perguntado ... Por que estamos tão decididas a nos casar com um aristocrata, morar em uma casa antiga e enorme, caindo aos pedaços, comer comida inglesa nojenta e tentar dar instruções para criados que não tem absolutamente nenhum respeito por nós? (...) Herdeiras com linhagens plebéias não eram desejadas nem pelos homens de sangue azul nem pelos novos-ricos em busca de ascensão social. Por isso a única solução era caçar maridos na Europa, onde homens da classe alta precisavam de esposas ricas." Pág. 30

Conhecemos um pouco da história familiar do lorde Westcliff (já apresentado no livro anterior, devido sua amizade com o Simon Hunt, marido de Annabelle) e tudo pelo que passou desde jovem nas mãos de seu pai e por isso ele tem dificuldade em demonstrar sentimentos e se permitir seguir seu coração; Ele sempre procura fazer o que é certo para sua posição social, como o aristocrata, solteiro, mais rico da Inglaterra. Será que assim como suas irmãs, Marcus (lorde Westcliff) também será fisgado pelo fascínio dos Americanos.

Por motivo de negócio entre Marcus e o pai de Lillian, a família toda acaba se hospedando em Hampshire por algumas semanas e dessa forma Marcus e Lillian terão que conviver bem para que tudo dê certo. Ambos tem aversão mútua, mas algo também os atraem, dessa forma eles acabarão passando por situações que testaram seus sentimentos e os farão descobrir que nem sempre o melhor para nós é o que acreditamos ser o certo. E nesse caso não são os opostos, mas os iguais (em gênio e personalidade) que os atrairão.

Minha gente que megera, monstra, bruxa (etc) é a condessa, mãe do Westcliff!!!??? Só eu tive nojo dela em todas as cenas!!!??? Mas ao mesmo tempo as cenas com ela rendem tensão e reflexão sobre até que ponto alguém é capaz de ir para ver suas vontades concretizadas.
 
A Lisa Kleypas não perdeu a oportunidade de deixar clara as diferenças sociais e culturais entre americanos e ingleses. Além da crise em que a aristocracia esta vivenciando nesse período em que a história está sendo desenvolvida.

Por fim gostaria de destacar que estou ansiosa para o livro seguinte sobre a Evie, a autora fez uma ótima apresentação de como a personagem está vivendo e sofrendo nas mãos de familiares; e seu desespero para mudar sua situação a fará tomar uma atitude nas páginas finais de Era uma vez no Outono que me deixou chocada e empolgada ao mesmo tempo. 

É isso gente, esse texto já está enorme, mas espero que vocês tenham gostado de saber minha opinião e que leiam esse romance; tenho certeza que será divertido acompanhar como as moças caçavam seus maridos, como os cavalheiros se rendiam ao verdadeiro amor (quando o encontrava) e como a sociedade da época era regida. Fica a dica!!!!




 Obrigada por visitar, ler e deixar sua opinião!!! 
 Não esqueça de deixar o endereço do seu blog para que eu possa retribuir seu comentário, ok!!!?

Séries de TV: Estou acompanhando - parte 2!!!!


Como prometido na  Parte 1 (séries que estou acompanhando) volto hoje a falar das séries que estou acompanhando nesse momento. E deixei para falar nesse post dessas duas séries que se entrelaçam e que fazem parte da minha vida a algum tempo já, essas séries onde Vampiros, bruxas e lobisomens vivem em pé de guerra. São as conhecidas: The Vampire Diaries e The Originals.

Parte 2

The Vampire Diaries - 7° temporada - Drama, fantasia e romance (Início: 2009)


Não vou descrever sobre o que a série trata já que 99% das pessoas já ouviram, pelo menos falar dela. Confesso que nunca tive vontade de ler os livros que deram origem a série, já que eles são bem diferentes e como gosto da série não queria correr o risco de ficar comparando. Também admito que a série teve seus altos e baixos durante essas sete temporadas, mas de alguma forma eu sempre acabava gostando delas. Apesar que a 5° temporada, onde um grupo de bruxos: Os viajantes tem mais destaque, foi uma das que menos gostei.

Com o inicio da sétima temporada, confesso que fiquei curiosa para saber como a série seguiria sem a Elena e sem o Jaremy (um dos personagens que mais gostei na série) e para minha surpresa as confusões eternas entre os irmãos vampiros: Stefan e Damon com sua família mãe: Lily e a nova família dela: Os Hereges = vampiros com poderes de bruxos, fizeram o enredo se manter interessante.

E quando todos começam a ser perseguidos por uma caçadora de vampiros os episódios ficam cada dia mais empolgante. Já tivemos caçadores antes na série, mas não uma que me lembrasse tanto Buffy. Enfim estou gostando dessa temporada. Hoje sei que o que me faz continuar vendo a série são os irmãos Salvatore e tudo que os aproximam e os repele, apesar de todos os erros cometidos ao longo do caminho eles se amam e fazem tudo um pelo outro.


A oitava temporada já foi confirmada e a principio os produtores não estão pensando em um fim, tudo dependerá do resultado dela. Vamos aguardar e ver até onde os Irmãos Salvatore nos levam!!! 


The Originals (spin-off de The Vampire Diaries) - 3° temporada (Início: 2013)


Você já parou para pensar em como teria surgido os vampiros!!!??? A primeira família de vampiros da história surge em The Vampire Diaries e após fazerem tanto sucesso acabam ganhando uma série só deles. Agora o cenário deixa de ser Mystic Falls para ser Nova Orleans. Apesar que em vários momentos as duas séries voltam a se interligar, em enredo e episódios, adoro quando isso acontece.


Umas das coisas que mais gosto dessa série são as reflexões que ela leva o telespectador a fazer, sobre vários assuntos como por exemplo: o bem e o mal, a família, o amor, a traição, o limite de cada um, os riscos que cada um correria pelos amigos e familiares, a quebra de barreira entre o real e o sobrenatural, a luta pelo poder entre vampiros, lobos, híbridos e bruxas. Enfim fico sem fôlego a cada fim de episódio.
  

A quarta temporada já está confirmada e estou ansiosa para saber em quais tramas essa família irá se envolver, se conseguirão um dia viver ao lado das pessoas que amam, enfim vamos esperar a nova temporada.


E aí meus amores o que acharam da postagem!!?? 
Vocês já viram, estão vendo ou pretendem ver alguma dessas séries!!!??? 
Beijos e ótimo fim de mês para vocês!!!








Obrigada por visitar, ler e deixar sua opinião!!! 
Não esqueça de deixar o endereço do seu blog para que eu possa retribuir seu comentário, ok!!

BookTag da Diferentona!!!


Já faz um tempinho que não respondo uma Tag e como vi essa tag nos blogs: Livros y viagensBlog da Mylloka e gostei muito decidi responder. A Tag foi criada pela Juliana do blog entretanto  Então vamos as minhas respostas:

1. Só eu que li? - Um livro que a maioria das pessoas desconhece, mas você leu.
A árvore de Strangeville foi um livro que me surpreendeu. Um prato cheio para quem gosta de fantasia e aventura. Vejam mais da minha opinião aqui na resenha!!!

Capa da minha edição e capa nova =)


2. Só eu que não gostei? - Um livro aclamado, menos por você.
O morro dos ventos uivantes, todos que visitam o meu blog já sabem que esse livro não funcionou para mim, principalmente porque ele me deixou angustiada com toda caga de vingança presente no enredo. Veja mais da minha opinião aqui na resenha!!!


3. Só eu que vi apenas o filme? - Um livro que você quer muito ler, mas só assistiu ao filme.
Não costumo ver os filmes de livros que pretendo ler, mas nesse caso aconteceu e posso citar: Os homens que não amavam as mulheres - série millennium.


4. Só eu que não li nada dele(a)? - Um autor famoso de quem você nunca leu um livro.
A tempos falo que preciso conhecer a escrita da Meg Cabot, muitos adoram e como estou com esse vira-vira aqui em casa começarei com eles, espero gostar.




5. Só eu que gostei do malvado? - Um livro com um vilão (ou não-herói) pelo qual você torceu mais do que pelo mocinho.
Com certeza Warner, o "vilão" da série estilhaça-me me conquistou quando li o conto: Destrua-me.


6. Só eu que acho que panela velha é que faz comida boa? - Um livro já desgastado, mas que você ama.
Tenho dois livros bem antigos, que antigamente eu costumava reler sempre que me dava saudades. O Diário de Lúcia Helena e Os Inocentes. Estou pensando até em reler para resenhar no blog, o que acham!!???


7. Só eu que leio nacionais? - Um autor nacional que você adora.
Sei que atualmente muita gente tem dado oportunidade aos queridos autores nacionais; e nesse mar de autores talentosos não canso de destacar a Josy Stoque. Ela sabe mexer com as emoções do leitor e fixar suas histórias na mente deles. Sabe aquelas histórias que mesmo tempos depois de concluídas você se pega relembrando de uma cena e ficando com saudades dos personagens!!!??? Fico assim após ler suas histórias.


Conheça mais da autora e suas obras aqui: Josystoque.com.br

8. Só eu que li antes de virar filme? - Um livro que foi/vai ser adaptado para o cinema e você leu antes.
Apesar de ter esperado bem mais da série Fallen, consegui concluir a mesma antes do filme entrar em cartaz (apesar que a data é alterada com frequência, mas enfim quero conferir).


9. Só eu que amo clássicos? - Um livro clássico que você gostou.
Um dos primeiros clássicos que li na vida e que teve papel fundamental para iniciar minha vida de leitora foi Senhora do José de Alencar. Até hoje tenho um carinho enorme pelo livro!!!


10. Só eu que odiei o (a) principal? - Personagem principal que você odiou. 
Ainda estou concluindo a leitura do livro, mas confesso que um dos principais motivos do meu não envolvimento na história, como eu esperava, foi da narrativa da Elise em Enquanto Bela Dormia.
 

É isso meus queridos espero que tenham gostado de conferir minhas escolhas para essa Tag. Caso queiram respondam nos comentários ou façam em seus blogs e redes sociais dando os devidos créditos a criadora e aos blogs onde viram a tag, ok!!! Abração e obrigada pela atenção!!!

Obrigada por visitar, ler e deixar sua opinião!!! 
Não esqueça de deixar o endereço do seu blog para que eu possa retribuir seu comentário, ok!!

A Oportunista - divulgação!!!


Hoje venho falar um pouco desse lançamento da Faro editorial A Oportunista faz parte da série Amor e mentiras que se tornou um fenômeno de publicação independente e já vendeu mais 600.000 exemplares!

A busca pelo grande amor pode te levar longe demais…
Sinopse:
Olivia Kaspen acaba de descobrir que seu ex-namorado, Caleb Drake, por quem era obcecada, perdeu a memória. Com uma incrível habilidade de tirar proveito das situações, ela acredita estar diante de uma segunda chance para ter Caleb de volta.
 
E para que seu plano dê certo, Olivia precisa manter sua verdadeira identidade e seu passado sórdido em segredo. Porém, surge um obstáculo inesperado: a atual namorada de Caleb, a perversa Leah Smith. Inicia-se então um jogo entre duas mulheres dispostas a tudo para conquistar o homem que parece ter apagado todo o seu passado.

Para encobrir as consequências de suas mentiras, Olivia cria uma teia de novos eventos, em um processo que pode levá-la a descobrir que sua busca pelo amor talvez a tenha feito ultrapassar limites muito perigosos.

Sobre a autora:Tarryn Fisher é autora best-seller do The New York Times. É cofundadora de um blog de moda e coautora de uma série com Colleen Hoover. Tarryn reside na área de Seattle com sua família. Ela adora dias chuvosos, Coca-Cola, café e sarcasmo, e acha que o Instagram é o novo Facebook.   

@tarrynfisher – http://www.tarrynfisher.com


Veja algumas opiniões de quem já leu:

"É óbvio que recomendo esta leitura. Livro ótimo, com uma história que nos prende desde a primeira página, que aguça nossa imaginação e que nos faz pensar em quem realmente é bom e mau. Um livro que nos mostra que as pessoas não são 100% boas e que quando alguém ama, faz qualquer coisa pela pessoa amada mesmo que isso machuque e se torne uma obsessão." Katielle Borba Leitura maravilhosa

"LEIAM! Até mesmo pra quem não gosta de livros de triângulo amoroso, vc não irá se arrepender. Aqui não tem aquele lance de "com quem que eu vou ficar?", "eu amo os dois", "ah to em dúvida"... N-Ã-O-O-O-O-O!!! Aqui é uma história de perdão e obsessão." Jessica skoob

"Essa foi a primeira vez que li um livro da Tarryn Fisher e nossa, o livro transborda das mais variadas emoções e os personagens são muito bem construídos dando uma atmosfera ora densa, ora descontraída.O drama entre Olivia, Caleb e Leah é bem desenvolvido e a autora conseguir criar um "triangulo amoroso" de uma forma que não ficasse chata a leitura, mas que também não se tornasse algo previsível. Se tem uma coisa que esse romance não tem é previsibilidade, e é um livro que eu indico para todo mundo." Italo Texeira Eu li, e você?


Previsão dos próximos lançamentos (Julho e novembro de 2016, respectivamente): 


É isso meus queridos espero que tenham gostado de conhecer um pouco mais da série Amor e Mentiras. Fiquem ligados que em breve trarei minha opinião!!!

Obrigada por visitar, ler e deixar sua opinião!!! 
Não esqueça de deixar o endereço do seu blog para que eu possa retribuir seu comentário, ok!!

A Garota Dinamarquesa - Projeto: 1 filme/semana


Sábado passado vi o tão falado filme A Garota Dinamarquesa (2016) que se enquadra na categoria drama/romance. Ele foi inspirado no livro de David Ebershoff que segundo crítica é inspirado na realidade, mas que acaba sendo um livro de ficção.  

Nessa história conhecemos a figura histórica do primeiro transsexual, ou seja o primeiro homem que se submeteu a operação para mudança de gênero. Esse filme pode ser considerado polêmico por tratar de um assunto que até hoje não é bem aceito, mas ao mesmo tempo continua atual e com muitos subtemas para reflexão e formação de opinião. O filme superou minhas expectativas e precisei de alguns dias para decidir o que escrever para vocês.

Sinopse:

Cinebiografia de Lili Elbe (Eddie Redmayne), que nasceu Einar Mogens Wegener e foi a primeira pessoa a se submeter a uma cirurgia de mudança de gênero. Em foco o relacionamento amoroso do pintor dinamarquês com Gerda (Alicia Vikander) e sua descoberta como mulher.

No filme conhecemos o casal de pintores Einar e Gerda, eles levam uma vida normal; até que Einar começa a perceber que sempre prendeu quem realmente era no mais profundo do seu ser e quando tem a chance de externar Lili aos poucos percebe que ela é quem lhe faz sentir completo e verdadeiro, assim aos poucos Einar começa a ser ocultado e a crise no casamento começa. Mas o amor de Gerda por Einar/Lili é tão grande que ela simplesmente se coloca no lugar do seu amor e entende o que ele está vivenciando. Claro que ela sofre porque a cada dia está perdendo seu amado marido, mas percebe que prefere vê-lo feliz do que mantê-lo ao seu lado infeliz.


Com certeza só vendo para perceber a beleza nas tomadas de decisões de cada um dos personagens e as consequências que suas escolhas trarão para sua vida. Achei o filme tão cheio de sensibilidade, beleza e sutileza que acredito que aqueles que tiverem a mente aberta conseguirão perceber toda mensagem de liberdade da alma contida na história. Sabe quando você permite que a história te envolva sem ficar julgando ou tentando encaixar os personagens em certos e errados!!!??? Foi assim que vi esse filme e fiquei emocionada com o rumo na vida desse casal. 

Para mim Einar foi um exemplo de coragem, daqueles que não se preocupa com o que os outros iriam falar dele, apenas correu atrás da possibilidade de ser Lili verdadeiramente e Gerda foi um exemplo de companheira e determinação.


Einar, Lili e Gerda


Veja o trailer legendado aqui:


Veja as capas das duas edições do livro aqui:


Esse filme é indicado a todos aqueles que tem a mente aberta ao diferente e que sabe respeitar o direito do outro. Além disso esse filme sensível transcende o lado sexual da situação, ele foca na forma como a pessoa se sente, se vê e sonha com a liberdade de viver em paz aceitando-se do jeito que é. Fica a dica de um filme que fará você rever seus conceitos e forma de olhar o outro.


Obrigada por visitar, ler e deixar sua opinião!!! 
Não esqueça de deixar o endereço do seu blog para que eu possa retribuir seu comentário, ok!!

Blog da editora Sextante - Divulgação!!!


E aí meus amores, não sei se vocês já estão sabendo da novidade, por isso decidi trazer a noticia para vocês. A editora Sextante (parceira aqui do blog) está iniciando um novo meio de comunicação com seus leitores. 

"O Blog Na Estante será um espaço para falar dos nossos assuntos preferidos - livros e literatura. Terá artigos, resenhas, críticas, vídeos, downloads, e mais - eventos online imperdíveis com autores, especialistas e personalidades do nosso mundo literário!!!"

"Serão 4 editoriais - Espiritualidade, Entretenimento, Negócios e Comportamento. Cada tema trará artigos, comentários, e mais - downloads exclusivos para você ficar por dentro das novidades e dos assuntos mais interessantes do universo literário."

O Blog entrará no ar em alguns dias (Dia 27 de Abril) e, para comemorar a editora sorteará kits de 4 livros cada, visite e concorra. Vejam mais detalhes aqui: blog.esextante.com.br


Obrigada por visitar, ler e deixar sua opinião!!! 
Não esqueça de deixar o endereço do seu blog para que eu possa retribuir seu comentário, ok!!

Novidade na estante - Abril


E ai meus queridos como estão!!!??? Espero que ótimos. Aproveitando o domingo vim mostrar para vocês meus novos livros. Esse mês fiquei mega feliz porque dos livros que recebi até agora só comprei um, os outros foram de parcerias e sorteios em blogs amigos. Vamos conhecer os novos moradores da minha estante:



Depois de ler O último homem do mundo da querida Tais Cortez e adorar conversei com a autora e acabei comprando o livro Acima de nós. Estou ansiosa para ler, com certeza ainda nesse semestre.


"Ela estava ocupada demais para se apaixonar, e ele sequer sabia que era capaz de sentir algo assim, mas, quando os planos de Deus são traçados, estão sempre acima de nós."



Recebi em parceria com a editora Arqueiro:


Nove regras a ignorar antes de se apaixonar - Sarah MacLean

"Divertido, perspicaz, feminista e fogosamente apimentado."

Ainda não li nada da autora, mas como amante dos romances de época 
não deixaria de conhecer essa autora mega elogiado.


Um novo amanhã - A Pousada - livro 1 - Nora Roberts

Essa será a terceira série a Nora Roberts que irei ler, adorei as anteriores e 
tenho certeza que Um novo amanhã conseguirá me envolver também. 
E esse kit lindo que a editora enviou junto ao livro!!??? 
Vou usar muiiito!!!

"Nora utiliza a própria vida para criar uma trilogia cativante, doce e sexy."

Em parceria com a Faro Editorial recebi A Oportunista de Tarryn Fisher.




Depois que li a resenha da amiga Katielle fiquei muito curiosa. 
Vejam aqui a opinião dela: leitura maravilhosa


"Gente, que livro incrível! Ainda estou tentando absorver tudo o que li, mas que história! Com certeza está entre os melhores do ano. Vocês sabem aquele livro que não esperamos nada e somos surpreendidos? Bom, esse livro é A Oportunista." Katielle Borba






É por fim o mega prêmio que ganhei no top comentarista do blog Leitura maravilhosa. Ganhei os quatro livros da série O Clube dos Canalhas da Sarah MacLean.


Então meus queridos esses são meus novos livros, o que acharam!!??? 
Para quem gosta de ver as lombadas dos livros, aqui estão elas:


Deixem nos comentários se já leram, se gostaram, se pretendem ler algum desses. Enfim obrigada pela atenção e companhia. Ótimo domingo para todos. Beijos!!!


Obrigada por visitar, ler e deixar sua opinião!!! 
Não esqueça de deixar o endereço do seu blog para que eu possa retribuir seu comentário, ok!!