Doggo e o Filhote em busca do aconchego

 

Editora: Faro Editorial
(Lido em parceria)
2024 - 96 págs
Sinopse: Skoob


Já me perguntaram porque leio livros infantis e respondo que gosto de ter alguns livros aqui para quando meu sobrinho vem me visitar, ele acabou de fazer seis anos e está na fase que você conta a história e pede para ele lhe dizer o que mais chamou atenção, o que gostaria que fosse diferente, essa troca é muito positiva. E essa série será a próxima que irei ler com ele.

No primeiro livro Doggo precisa aprender a conviver com um novo cachorro trazido pelos seus tutores para morar com eles e isso acaba com sua rotina e até ele se acostumar com o ritmo acelerado do filhote, aprender a dividir as coisas e modificar sua rotina será uma luta. Mais fica o aprendizado de que muitas vezes pensamos que nossa zona de conforto é o melhor lugar para nós, mas não é, ela faz parte do processo mas em determinado momento de nossa vida precisaremos deixá-la e seguir para novas aventuras.

No segundo livro veremos o filhote fã de um personagem de tv e desejando ser como um super herói. E Doggo decide conversar com o filhote sobre cada um ser especial de seu jeito e sobre cada um poder ser herói nas ações do dia a dia, achei muito linda essa mensagem. Além disso Doggo e o filhote já estão convivendo como irmãos e isso é lindinho de ver, o crescimento do relacionamento entre eles.

Mas nesse terceiro e último livro da série o foco será nas necessidade da gata, ela que sempre ficou meio de lado agora terá Doggo e o filhote dedicados em ajudá-la a encontrar o seu aconchego. Primeiro eles tentam entender o que é aconchego e depois escutam as queixas da gata sobre os tutores deles ter trocado a cama dela, esse processo de desapego dela não está sendo fácil, mas no final eles aprendem que mudanças fazem parte do processo, que resistimos no início mas depois percebemos que o novo é o melhor para nós.

Eu amei a série e cada livro deixou uma mensagem útil para todos os leitores, indiferente de idade. Então minha dica é que invistam sim nessa trilogia e leiam com filhos, sobrinhos ou para qualquer criança. Fica a dica!!!!

Doggo, o filhote e a gata!!!


A Gata e sua cama nova!!!



Link das outras resenhas:

Coven - Harper L. Woods #1

Editora: Faro Editorial
Literatura fantástica
Lido em parceria
2024 - 256 págs
Sinopse: Skoob


Sou de uma geração apaixonada pelas histórias de bruxas, vampiros e lobisomens e quando soube que essa Romantasia teria esses seres não tive dúvida em solicitar para ler. E confesso ter sido tão envolvida pela história que sofri junto com a protagonista todos os seus medos, angústias e desejos. Torci tanto para seu destino ser melhor do que o imaginado por ela, mas acabou sendo pior e só jesus sabe o rumo que a autora dará ao fim dessa história. Eu sou o tipo de leitora que sempre torce pra um final positivo, mas compreendo que assim como na vida real nem sempre é possível. Mas confesso estar muito ansiosa para ler o fim dessa história, ainda bem que é uma duologia.

Em Coven conheceremos a origem das bruxas que aqui foi quando Charlotte Hecate desesperada por estar sendo acusada de bruxaria decidiu dar um pouco de sangue a terra e rezar ao diabo para lhe proteger e após ser aceito o acordo foi selado e como condição ela teria que criar os Hospedeiros, seres imortais (similar aos vampiros) que receberiam os demônios para eles não precisarem mais possuir ninguém e assim foi feito. Como ela não queria liderar as outras famílias originais que também seriam bruxas, ela criou a Aliança (trazendo seus antigos tutores mortos de volta a vida) mas eles a mataram por não aceitar que ela tivesse tanto poder. 

Muito tempo depois iremos encontrar Alaric, o hospedeiro mais importante e reitor da universidade de bruxos, sendo convocado pela Aliança para buscar uma descendente de uma das famílias originais mais importantes, a magia dela tinha sido recém descoberta pela aliança e ela precisaria estar na universidade do Vale do Cristal rápido. Willow a jovem procurada havia sido criada fora do coven pelos pais e protegida pela magia da mãe até a morte.

Willow cresceu sendo treinada pelo pai para ser uma arma de vingança contra o coven que havia matado a irmã dele e para isso Willow abriu mão de um vida normal. Garanto a vocês que ela ficou com vários traumas, deu até dó quando ela foi apresentando seus medos e inseguranças. Mas seu amor pela mãe que tinha falecido e pelo irmão mais novo que ela precisou se afastar é sempre lembrando por ela e conseguimos perceber a intensidade.

Não pense que Willow irá aceitar logo de cara ser levada a universidade pelos hospedeiros, antes disso ela fará de tudo para proteger o irmão e só aceitará seguir para o vale do cristal após fazer um acordo com Alaric de não contar a Aliança sobre seu irmão Ash. Chegando na universidade ela conhece Susannah Madizza (sua ancestral) e George Collins que juntos formam a Aliança. 

Sua adaptação na universidade não será fácil por vários motivos entre eles: ela irá focar na sua missão de encontrar os ossos dos Hecates onde estão todos os poderes dos bruxos necromantes, para assim destruir os hospedeiros e a aliança; ela fica chocada ao perceber que tudo que deveria ser natural na universidade é proibido, como por exemplo os bruxos fazerem trocas com seus elementos para alimentar a magia deles. Isso está fazendo a natureza entrar em desequilíbrio e não ajudar os bruxos. E por fim ela descobre que a universidade é cercada por uma floresta onde seres amaldiçoados e perigosos vivem, ou seja ela estava presa sem ninguém pra confiar.

Acontecem tantas coisas nesse livro que parece que ele tem 500 páginas e não 256. Porém o que mais chamou minha atenção foi o relacionamento que Willow desenvolveu com o Alaric, não espere por um herói e sim um vilão que deixará ela toda bagunçada, envolvida e por mais que ela negue apaixonada. Como os capítulos são intercalados entre eles, posso dizer que ele apesar de dizer o tempo todo que hospedeiros não amam, mas sentem desejo, atração, satisfação e obsessão acredito que Willow balançou suas estruturas sim, mas nada que atrapalhassem seu plano maior. A conexão entre eles, apesar de proibida cresce de forma acelerada, apesar de tudo ela vê nele uma proteção, um refúgio das maldades da Aliança e acredita que o esta seduzindo para lhe ajudar em sua missão, mas ficam ambos se engando e achando quem estão seduzindo sem se envolver. O clima entre eles esquenta e teremos cenas hot que irão empolgar os leitores.

Minha vontade era ficar aqui narrando cada parte da história que gostei e o que achei de cada uma, mas vou deixar vocês descobrirem como eu ao longo da leitura. Só garanto que o final é daqueles que fecha todas as perguntas abertas e deixa o leitor chocado e desesperado para saber o que vai acontecer com Willow, seu irmãos e os bruxos bons que ainda existem. Leiam e me contem o que acharam, combinado!!??


<<QUOTES>>

"Eu era capaz de controlar a magia que ainda não me pertencia de fato." p.11

"Eu me contive enquanto as pessoas à minha volta sussurravam a respeito da morte que nos seguia, do fato de que todos que pareciam ser muito próximos de mim e do meu irmão acabavam morrendo cedo." p.13

"A magia tinha uma maneira de consumir tudo ao redor de uma bruxa se não fosse satisfeita ao ser usada, e mais cedo ou mais tarde atingiria a própria bruxa se ela ignorasse por tempo demais." p.13

"A vontade de me enfiar embaixo dos lençóis era gigantesca; queria me esconder do mundo, das responsabilidades e das expectativas que me pressionavam." p.15

"Como a última bruxa Madizza, minha vaga na Bosque do Vale estava garantida, se quisessem dar continuidade à linhagem de Susannah." p.16

"Elas nos odiavam, mas isso não as impedia de querer o sexo selvagem que acompanhava com tanta frequência as alimentações. Séculos de desdém não podiam impedir o fato de que uma bruxa e um Hospedeiro combinavam muito bem de algumas maneiras." p.20

"O poder emanado do homem confirmava que além dele não ser minha vizinha intrometida, também não era humano, nem sequer estava vivo de verdade. Seus olhos brilharam quando encontraram os meus (...) Fiquei sem ar com a sensação daqueles olhos ardentes correndo pelo meu corpo, pela maneira que eu podia senti-los como garras se arrastando de leve pela superfície da minha pele. Ele era lindo e irritante - um desastre iminente. (...) sua beleza etérea, sobrenatural se sobressaía como a de um anjo caído." p.25

"Ela era exatamente o tipo deslumbrante de tentação do qual eu não precisava." p.29

"Sua recusa me fazia lembrar da adrenalina que eu sentia antes na perseguição entre predador e presa." p.30

"Lábios tocaram na minha pele, um tipo doentio de prazer surgindo e me deixando toda arrepiada. Ele sorriu próximo a mim, me mantendo imóvel, ignorando minha luta no momento em que as pontas dos seus caninos me tocaram." p.44

"Você não é a única que acha que o Vale do Cristal é uma prisão, mas o mundo ainda não está preparado para existirmos abertamente." p.53

"Aprendi a muito tempo que às vezes o silêncio é mais alto do que as palavras." p.56    

"Nossa magia tem a ver com equilíbrio. Não se pode tirar mais do que dar e ainda esperar que a natureza responda ao seu chamado. É uma dança, um relacionamento como nenhum outro. Se só tiramos e usamos, por que seríamos melhores do que os humanos, que envenenam a terra? (...) Era a relação simbiótica que uma bruxa deveria ter com sua afinidade. Harmonia, em vez de roubo." p.72

"Já fazia décadas desde que alguém chegara ao Vale do Cristal, encarara a Aliança e a desafiara reiteradamente. Ela era obstinada e difícil, rude e temperamental. (...) Uma coisa era uma verdade inegável: a Bruxinha mexeu comigo." p.78

"Eu não podia arriscar colocar o Vale do Cristal e minha habilidade de coabitar com os bruxos em risco, principalmente não por uma bruxinha que eu tinha acabado de conhecer." p.81

"Havia um senso de justiça nela. Um desejo de saber a verdade que não podia ser negado. Eu tinha uma sensação de que o que quer que sua mãe a tenha ensinado a acreditar, ela também lhe dera a habilidade de pensar por si mesma." p.94 

"Havia uma eternidade que eu não sentia aquela calidez dentro de mim, que o calor de qualquer uma que eu levei para a cama parecesse penetrar na frieza da minha carne." p.97

"A vida de uma necromante era solitária. A pulsação da morte era grande demais para a maioria das pessoas tolerar estar por perto." p.108

"Nós dois sabemos o que é carregar os fardos do nosso povo em nossos ombros e não ser o suficiente. Nós dois sabemos o que é ter poderes impossíveis na ponta dos dedos, e ainda assim sentir que não podemos proteger aqueles com quem mais nos importamos." p.110

"Apesar da beleza externa, todos somos capazes tanto de coisas incríveis quanto de coisas terríveis." p.111

"Queria que ela ficasse tão obcecada comigo quanto eu estava por ela. Seria o carma perfeito por ela ter se infiltrado no âmago do meu ser e se alojado na minha alma." p.168

"Eu detestava a ideia de ser ignorada, de não ter a atenção que eu queria quando eu tão raramente queria alguma coisa." p.194

"A luxúria que corria pelo meu sangue não podia ser equiparada a amor. A conexão incontestável que ecoava entre nós era o resultado da luxúria e da partilha de sangue, nada mais." p.201

"Algo no seu sorriso não atingia os olhos da forma como costumava acontecer, e eu não conseguia decidir se o que havia mudado era ele ou apenas a minha percepção dele." p.222

Lançamentos de Junho - Faro Editorial!!!!

 


Bem vindo JUNHO!!!! Para quem ama ler e quer ficar ligado nos lançamentos do mês continue lendo esse texto para ter dicas de títulos maravilhosos.



"Comédia romântica daquelas que a gente ama e ainda no Natal! FOFA DEMAIS! Vamos conhecer a Mae, uma mulher de 26 anos que vai viver um dilema: ter uma amor platônico por Andrew Hollis, que é praticamente da família. Porque ela passa os natais com os Holiis desde que ela se entende por gente... até o desse ano, que vai sair de controle. Ela vai beijar Theo, o irmão de Andrew numa noite de bebedeira e ai vai surtar... e quando ela pedir para o universo uma nova chance, ela vai acordar no avião, indo para o chalé dos Hollis como se aquele dia não tivesse existido. Será que ela terá a chance de corrigir o "erro" e beijar o irmão "certo"? EU AMEEEEEI" Sou suspeita para falar, já li e amei todos os livros lançados da autora pela Faro, então estou ansiosa para me apaixonar por esse também!!!


“Um sonho de férias é tudo o que eu sempre quis em uma história de amor. Tão hilariante quanto doce, esta história é pura magia irresistível do início ao fim. Eu não poderia amar mais! Este é o meu romance favorito de Christina Lauren!” 
— Emily Henry, autora de De férias com você


"O dia que a gente não queria chegou: vamos nos despedir da série da Angelina Purpurina. Esse é o último livro da saga e preparem-se pra rir muito com essa nossa heroína! E só pra avisar, em breve terá o box com a série completa!!!!" Todos elogiam essa série, ótima dica para presentear um pequeno leitor!!!


"A vida é o espelho da mentalidade. Esta verdade simples e poderosa é a chave para desbravar o potencial de mudança e assumir as rédeas de sua jornada. Mentalidade não é apenas um conjunto de crenças e costumes; é o prisma através do qual vemos e moldamos nossa realidade. Alex Rovira faz um convite nesse livro para reinventar essa mentalidade com uma abordagem leve, divertida e inovadora, estabelecendo um caminho para uma aprendizagem original, positiva e construtiva. Um guia prático com exercícios e histórias inspiradoras." Penso assim e acredito que sorte tem a ver com sermos gratos pelo que temos, por isso fiquei curiosa para conhecer a abordagem desse livro.


"O princípio da descoberta científica e da ciência é o questionamento, a crítica, a dúvida. É através dessas inquietações que muitas teorias e práticas surgem e, até alguns anos atrás, essa atitude era considerada saudável. Não é mais o caso. A cultura do cancelamento e da demonização daqueles que questionam ou pensam diferente da coletividade está em crescimento. Quando falamos de coletividade, estamos apontando especificamente para a extrema esquerda. Mas, afinal, por que essas pessoas acreditam ser as detentoras da verdade universal sobre tudo e todos? É justamente dessa premissa que partem as autoras e doutoras Nine Borges e Patrícia Silvia no livro." Nossa que livro interessante, esses são daqueles que estudamos e lemos sem pressa. Amei e fiquei bem curiosa!!!

É isso meus queridos, esses são os lançamentos de Junho da Faro editorial. Me conta qual ou quais chamaram a atenção de vocês!!???

Fechando o mês - Maio!!!

 


Maio na vida minha pessoal foi um mês bem difícil, mês de decepção com alguém que eu jamais esperei, mas como tudo na vida é preciso 'sacudir a poeira' e seguir em frente. E graças a Deus pude perceber uma força interna que eu desconhecia, além disso tenho ao meu lado pessoas que não largaram minha mão no momento que eu mais precisei e por isso só tenho a agradecer. Então aproveitei todo tempo livre para ver séries, filme e ler porque assim me poupo de ficar pensando só na decepção que passei. Tenho certeza que tudo que fazemos uma hora volta para nós e hoje estou tranquila por saber que o mal que me fizeram não encontrou seu destino e irá voltar ao remetente!!!

Leituras finalizadas:
1. O Duque Implacável #1 (Série)
2. Coven #1 (Duologia)
3. Doggo e o filhote (fim da trilogia)


Amei as três leituras, mas com certeza 'Coven' foi uma leitura que superou total minhas expectativas. Agora estou ansiosa para ler o fim dessa duologia que veio para fazer história e marcar seu lugar na memória dos leitores. Essa semana sai a resenha.

Séries finalizadas:

O verão que mudou minha vida (1° e 2° temporadas) - Amazon Prime
Demorei a ver essa série, mas quando vi aproveitei para ver as duas temporadas seguidas e amei. Me envolvi e emocionei demais na história.




Maxton Hall - o mundo entre nós (1° temporada) - Amazon Prime
A tempos não via uma série tão boa. Tem uns clichês?? Tem muitos, mas amei porque o foco ficou nos sentimentos, sonhos e desejos dos protagonistas. Além de uma menagem linda sobre o que realmente importa na vida. Desejando a segunda temporada pra ontem.



Documentário Lexa
Muita coisa eu já sabia, mas foi uma delicia ver um pouco do passado dessa linda.



Documentário Bráulio Bessa
Que coisa mais linda e preciosa esse documentário. Para quem quer entender um pouco mais sobre a poesia e seu poder de transformação na vida das pessoas. Fiquei emocionada demais com tudo que é falado e refletido nele.



Falas da Terra - Histórias (Im)possíveis (2023)
A conexão dos povos originários e a natureza. O questionamento sobre manter ou não suas raízes enquanto tenta vivem no 'meio' dos brancos na cidade, entre outras reflexões importantes e interessante.


Falas da Terra (2024) 
Experimento social para mostrar as pessoas como os povos originário continuam sendo dizimados e vistos pelos outros habitantes do Brasil. Muito chocante e emocinante.



Filme visto:
Dona Lourdes (GloboPlay)

Depois de amar a novela 'Amor de mãe' tinha que ver esse filme. Maravilhoso!!!



Esse foi o resumão do meu mês de maio e desejo um mês de junho maravilhoso para todos nós e depois me conta como foi o seu mês e o que espera para junho. Até mais!!!!

O Duque Implacável - Scarlett Scott #1

 


Confraria dos canalhas #1
Editora: Faro Editorial
2024 - 224 págs
Sinopse: Skoob



Teve um tempo que eu lia muito romance de época até que decidi dar um tempo e depois passei a mesclar os estilos e essa foi a melhor decisão, hoje em dia quando pego um pra ler é felicidade certa. Em 'O Duque Implacável' encontrei um pouco de clichê com hot, mas quem disse que isso é ruim, de forma alguma a leitura cumpre o que promete e prende a atenção do leitor do inicio ao fim, além de ter uma narrativa fluida e rápida, acaba por emocionar com a evolução do envolvimento dos personagens e um final feliz. Para quem gosta desse estilo de leitura aconselho que embarque logo na série 'Confraria dos canalhas' que pelo que percebi nesse primeiro as histórias serão independentes, essa foi concluída com sucesso!!!

Trevor Hunt, duque de Ridgely (30 anos) sedutor, ardiloso e famoso por seus casos com viúvas e mulheres casadas terá que enfrentar o maior desafio da sua vida quando um amigo falece deixando sua filha, Lady Virtue Walcot (20 anos) inocente e enigmática aos seu cuidados como tutor. Aborrecido com essa responsabilidade inesperada ele coloca sua irmã a frente de fazer o impossível para conseguir logo um marido para a jovem, ele não vê a hora de se livrar desse fardo.

Apesar de ser dez anos mais jovem que Trevor, Virtue impõe seu jeito de ser desde os primeiros contatos informando que não quer casar e que deseja voltar a sua casa e continuar sua vida cercada por livros e pelos funcionários que na prática são sua família, mas entende que seguindo as regras sociais depende das decisões e vontades de seu tutor. Mesmo assim ela tenta seguir sua vida cavalgando, lendo e seguindo a rotina que lhe é exigida. Mas quando Trevor percebe que ela não está se comportando como esperado decide punir ela tirando todos os livros dela e isso a deixa louca. Ele já a vê como uma tentação desde o primeiro dia e para resistir e ter como lembrança constante de que ela é proibida ele fica o tempo todo a chamando de criança e isso a deixa louca também.

A cena que Virtue entra no quarto de Trevor para resgatar seus livros e ele chega antes do esperado, a obrigando a se esconder é de tirar o fôlego já que ela descreve tudo que está vendo, ele tirando as peças de roupa e tudo que está sentindo com a situação, vocês irão rir muito com a conclusão da cena. Aparentemente eles se odeiam mas com o passar dos dias a crescente atração e tentação acaba sendo recíproco e Trevor só percebe o que sente quando vê outro nobre dando atenção a Virtue no baile que ele a levou para 'buscar marido'. Ele terá que lutar muito com seu jeito de ser para resistir a essa jovem inexperiente, tentadora e intrigante que vive sobre o mesmo teto que ele. Será que eles resistirão??? Será ela aquela que finalmente despertará no duque sentimentos nunca antes sentidos e desejos de um futuro nunca pensado? Leiam e descubram.

Na trama também teremos um breve suspense para descobrir quem anda tentando matar o duque, seria algum marido raivoso, seria alguma amante abandonada ou seria alguém do seu passado de espião na confraria??? Apesar desse ponto não ter tido muito destaque nem desenvolvimento, foi interessante fazer parte da história por fazer Trevor rever sua vida e seus valores. Além disso senti falta da história da irmã viúva dele ser melhor desenvolvida, pode ser que nos demais títulos seja, eu iria gostar. No mais é isso, gostei da leitura e a forma como os protagonistas foram se envolvendo e se entrelaçando com tanta intensidade me convenceu do realismo do sentimento deles. Feliz demais com o final dado pela autora a Trevor e Virtue. Leiam, vocês não irão se arrepender.



<<  QUOTES >>

"Ah, que ironia... Anos enfrentando vilões perigosos, mas saindo com vida, e poucas semanas tendo-a como tutelada seriam a causa de seu prematuro fim." p.9

"Mas a maneira como se comportava era o que a tornava irresistível: era orgulhosa, teimosa e deveras atrevida." p.10

"Como deve ser emocionante estar de posse da própria casa! (...) E da própria biblioteca (...) E do próprio dinheiro. (...) E do próprio futuro." p.12

"Meu Deus, se aquela atrevida continuasse tão descarada nas conversas, nunca arranjaria um marido. E muito provavelmente era essa sua intenção." p.14

"Ao que parecia, seu destino na vida era não ser desejada por ninguém, mas esquecida ou ignorada, passada dos cuidados de uma pessoa a outra." p.16

"Ele era um cínico fútil que não se importava com o que acontecesse com Virtue, nem com o que ela quisesse para seu próprio futuro; ela não gostava dele, mas não podia negar sua beleza masculina gritante. Olhar para ele sempre lhe causava um choque inicial, como se houvesse tocado inadvertidamente uma superfície quente. O ar não saía de seus pulmões enquanto a ferocidade de sua reação não diminuísse." p.18

"Preservar Greycote Abby era seu objetivo principal. Aquele lugar e sua gente eram a única família que ela já conhecera. Mas, devido às disposições do testamento de seu pai, a propriedade, que sua mãe havia levado para o casamento havia muito tempo, seria vendida a critério do tutor de Virtue, e o dinheiro seria usado para seu dote." p.19

"Seus livros eram tudo o que ela tinha em Londres. Tudo que restava de si mesma, depois de ter sido arrancada de Greycote Abbey." p.24

"Embora você seja um canalha sem coração, não posso deixar de pensar que sua presença como tutor dela, talvez até uma dança com ela, ajudaria a torná-la mais atraente. No mínimo, mostraria que você apoia a busca dela por um marido." p.29

"Vivia em uma cidade cheia de mulheres adoráveis, muitas das quais Trevor poderia facilmente convencer a ir para a cama com ele, e tudo que queria era uma sabichona obstinada e amante de livros." p.38

"Ele nunca havia visto outra mulher tão cheia de entusiasmo e audácia. Essa era uma combinação absurdamente para ele." p.39

"Que aquele homem, aquele duque, tão injustamente bonito e cobiçado por tantas mulheres, desejava a ela... Impossível acreditar. (...) Ela, que passara toda sua estada em Londres tentando manter os homens longe para que pudesse continuar solteira e voltar ao refúgio de sua casa, de repente queria que um cavalheiro a notasse. Mas não qualquer cavalheiro. Queria o menos adequado, o mais proibido, um homem em quem não confiava, que a enfurecia a todo momento. Que tinha o futuro dela na palma da mão que a a cariciara com tanta destreza, voltando seu próprio corpo contra ela." p.45



Para mais leiam essa livros maravilhoso, combinado!!!


Lançamentos Maio - Faro Editorial!!!

 



Pegue seu café e seu bloquinho e venha junto comigo fazer sua nova lista de desejados. Vamos conhecer os lançamentos da editora parceira aqui do blog, amei e já estou ansiosa para ler!!!



+1 Romantasia da Faro pra gente. "Demorou, mas tá valendo a pena!!!! Nesse aqui temos um quê de GOT e um quê de Trono de Vidro. E será uma tetralogia! Vamos conhecer a Arwen, nossa personagem principal, uma garota comum de uma das cidades menos importantes do reino, e o mais importante: sem qualquer traço de magia. Que ela sabia né... porque quando o Rei Dragão (sim, ele tem o poder de virar dragão) decide encontrar uma nova rainha com magia suficiente para gerar um herdeiro dele - e não morrer - que a Arwen vai descobrir que ela tem magia pra todos nós hahahahah e vai entrar numa trama que pode custar a vida dela, já que ela pode ser uma ameaça para o rei. MARAVILHOSO!!!!" Eita que já quero ler, sair da zona de conforto com esse novo estilo.


"Esse é daqueles livros da Jennifer que a gente fica questionando se tá certo ou errado. Vamos conhecer três personagens principais com histórias que vão se misturar e tudo girando em torno do mesmo assunto: assassinato. Paris, personagem principal do livro, será encontrada na cena de um crime, mas o morto é seu marido, 30 anos mais velho e milionário e ela será automaticamente acusada de matar ele. Ruby é uma assassina condenada por matar um de seus amantes de forma muito cruel e Joey, a filha dessa monstra que comeu o pão que o diabo amassou. A vida das três está ligada por mortes do passado, e Ruby está prestes a sair da prisão e começa a chantagear a Paris. E ai, como provar sua inocência e ainda fugir dos segredos do passado. QUE LIVRO! QUEEEEE LIVROOOOOO!!!!"


"Terceiro livro da série fofíssima de Doggo e o Filhote. E nessa aventura, eles vão ajudar a gata a encontrar o conforto com sua nova cama!" Estou acompanhando essa série e gostando muito e sempre leio para meu sobrinho qnd ele vem aqui em casa!!!


"Este é um livro de não ficção que vai falar sobre o autismo e em como nós podemos aprender mais sobre. A autora é uma consultora da série "O amor no espectro" da Netflix - que se vocês não viram, vejam - e ela extrai algumas histórias que vivenciou no consultório para quebrar o mito de que um autista não pode ter uma vida comum como a de qualquer outra pessoa, inclusive na parte de relacionamentos amorosos." Interessante!!!


"A Avis Rara lança este mês a obra que traz uma pesquisa profunda do jornalista Duda Teixeira sobre a Suprema Corte brasileira: “STf – Como chegamos até aqui?”. Resgatando o nascimento do Tribunal e seus principais membros ao longo dos anos, Duda refaz uma trajetória que explica como os poderes do Supremo acabaram se confundindo em meio a política nacional, e como essa é uma questão que nos afeta como cidadão, independente da visão política individual."


"A obra, lançamento do mês da Avis Rara com tradução da filósofa e comentarista política Bruna Torlay, se propõe a revelar os elementos ocultos que fundamentam as crenças comunistas, elucidando suas bases espirituais e articulando-as com as doutrinas específicas dos ideólogos que deram origem ao movimento. Ao compreender a dimensão mitológica do comunismo, podemos alcançar uma visão mais profunda de sua influência na sociedade e na vida das pessoas."



E então o que você achou dos lançamentos??? Qual título chamou mais sua atenção, me conta nos comentários ou se preferir na postagem do Instagram, ok!!!!??? Ótimo mês de leitura para todos nós!!!

P.S. Informações retiradas da assessoria de comunicação da editora!!!


Fechando o mês - Abril!!!

 


Não sei vocês mas achei que esse mês foi enorme, fiz tanta coisa e ao mesmo tempo procrastinei algumas que ainda me perturbam emocionalmente e outras que não tem tanta prioridade assim, mas sei que aos poucos tudo entra nos eixos. Vamos conferir o que fiz em meu tempo livre, na realidade me acostumei a almoçar vendo série ou filmes e dessa forma a coisa está fluindo. E geralmente leio a noite ou quando preciso me deslocar para os compromissos!!! Segue resumão do mês de Abril!!!

Leituras finalizadas:

1. Razão e Sensibilidade (Releitura)
2. Vambizomem #4
3. A Verdade é de plástico (conto)
4. A Cirurgiã
5. Se tu me quisesse (ebook)


Livros lidos em parceria com a Faro Editorial, já tem resenha de todos aqui no blog é só voltar alguns posts.



Último ebook lindo no mês, já já sai minha opinião sobre ele e sobre o conto da mesma autora lido esse mês!!!

Séries finalizadas:

As aventuras de José e Durval (GloboPlay)
Depois de muito enrolar, decidi continuar a série e acabei amando. Os dois primeiro episódios são bem sofridos mas depois começa a melhorar. Não fazia ideia do quanto eles sofreram antes de ser quem são.


Fallout (1° temporada) - (Amazon Prime)
Que série impressionante, eu tive minhas emoções capturadas por ela de uma forma, do tipo que passou por todos os níveis. Sei que foi inspirada em um jogo, mas como nunca joguei fui impactada do zero, não busquei informações adicionais e me deixei levar a cada episódio. Achei o enredo muito interessante e consegui me envolver com os personagens. Agora é aguardar a 2º temporada.


Documentário Juliette (GloboPlay)
Após finalizar o BBB24 e achar que quem ganhou não mereceu, decidi ver o documentário da Juliette a vencedora do BBB21 e essa sim mereceu e representou demais o nordeste. Amei esse documentário e ela é uma linda!!!


Filmes vistos:

Desapega!
A temática principal desse filme é muito importante, a compulsão por compras. E nele é mostrado um grupo de apoio para quem precisa combater esse vício e é muito divertido acompanhar os altos e baixos desse grupo, além das questões familiares da líder do grupo.


Minha irmã e eu
Confesso que esperava um pouco mais desse filme, afinal duas comediantes mega elogiadas juntas, mas apesar disso foi divertido e com uma mensagem final de união e valorização da família. 


Divergente (Amazon Prime)
Eu já tinha visto o sucesso que foi o lançamento dos livros anos atrás, mas acabei não vendo os filmes até que decidi vê-los e vi um por dia e garanto que a história é maravilhosa, para fãs de ficção científica e distopias é um prato cheio. Amei muito!!!!


Insurgente (Amazon Prime)


Convergente (Amazon Prime)


Ghostbusters - Apocalipse de Gelo (Cinema)
A tempos não ia ao cinema sozinha e foi uma ótima experiência, quando era novinha ia muito e agora resolvi resgatar esse hábito!!! E esse filme eu queria muito ver e gostei principalmente do meio para fim; as mensagens do filme são muito importantes (valorização da história de nossos antepassados, valorização da família etc).



Esse foi o meu mês, desejando que maio seja ótimo para mim e para vocês!!!!