Fahrenheit 451 - Ray Bradbury


Ray Bradbury
Edição 1° : 1953
Edição: 2012 - 216 págs.
Editora: Biblioteca Azul
Sinopse: Skoob

Sempre ouvi muitos elogios a essa história e como a leitura dele estava na minha meta de 2018 e não consegui ler, decidi começar 2019 com ele e posso dizer que foi uma leitura de altos de baixos (achei que o fim poderia ter sido mais 'bombástico'). Mas que no final das contas valeu a pena e me deixou com vontade de adquirir o livro físico (li em ebook pelo kindle) para uma releitura mais cuidadosa; essa história instiga o leitor a refletir sobre muitos assuntos interessantes e atemporais, na minha opinião, além de citar outros clássicos tão importantes quanto ele (entre eles 1984 que também já li).

Achei que o prefácio do livro fez uma análise da história e dessa forma acabou tirando um pouco das surpresas que o leitor poderia ter ao ler o enredo. Na minha opinião ele funcionaria bem mais no final do livro.

"O que aconteceria se os livros fossem incinerados, varridos da face da terra até o ponto em que o único vestígio de milênios de tradição humanista estivesse alojada na memória de alguns poucos sobreviventes?"

A partir desse questionamento o enredo nos leva a conhecer 'Fahrenheit 451' uma cidade "apenas um pouco mais sombria e opressiva do que a maioria das metrópoles contemporâneas" ... nela a tecnologia avançada domina o dia a dia das pessoas. As casas são a prova de combustão por isso os bombeiros ganharam uma nova função ... eles queimam livros. Os livros agora são proibidos e o simples fato de tê-los em casa consiste em crime, e após receber denuncias os bombeiros invadem as casas e queimam tudo, até mesmo as pessoas que resistirem a entregá-los.

"As pessoas tem suas inquietações cotidianas sufocadas por doses poderosas de comprimidos narcotizantes e pela onipresença da televisão."

Temos uma narrativa em terceira pessoa com o foco fica no bombeiro Guy Montag e toda sua transformação. Ele passa de alienado para consciente, após conhecer algumas pessoas que o ajudarão a refletir sobre o funcionamento da sociedade em que vive; ele irá passar a questionar o que está certo e errado, além de tentar descobrir qual seria seu papel na mudança dessa realidade absurda.

Não vou ficar falando do enredo para não tirar a graça de quem ainda vai ler, só posso dizer que esse livro me fez sentir a necessidade de reler e refletir sem pressa sobre tudo que é citado ... coisas que já aconteceram (Nazistas queimando livros ...), coisas que acontecem (pessoas que se entopem de remédio, apenas por achar ser esse o caminho mais fácil ...) e muitas coisas que ainda podem acontecer no futuro. 

Ouvi em algum lugar que esse livro irá virar série na Netflix, espero que sim, ele tem muito a ser destrinchado. Enquanto isso temos um filme da HBO disponível. Ainda não vi mas pretendo assim que possível!!!

Minha sugestão é que você leia e tire suas próprias conclusões desse enredo ou assim como eu fique mais sedento de conhecimento e reflexões!!! Nossa rotina corrida tem nos privado de muita coisa, o ócio criativo é importante minha gente. Fica a dica!!! 


Trailer oficial:




Obrigada pela atenção!!!
Não esqueça de deixar suas impressões nos comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário