O Pulo da Gata - Fernanda França


Autora: Fernanda França
Editora: Essência
2015 -287 págs
Sinopse: Skoob

Desde que esse livro foi lançado achei sua capa muito fofa, mas acabei deixando para depois e nunca li. Até que encontrei por um ótimo preço numa feira de livros no shopping aqui em Recife. Comprei e logo em seguida vi uma menina falando no Instagram que não tinha gostado e tinha desistido da leitura antes da metade do livro, logo deixei uns comentários incentivando ela a voltar e disse que em breve leria também; em seguida conheci a autora mais de perto devido à troca de comentários na mesma rede social. Dessa forma decidi fechar o ano de 2017 com essa leitura que na realidade só acabou no primeiro dia de 2018 e posso dizer que gostei de passar o fim do ano ao lado dessa história. O enredo, os personagens e da escrita da Fernada França me envolveram e me deixaram com vontade de ler mais do trabalho dela.

Mas confesso que só sentir falta de vibrar com a narrativa e com os personagens; me envolvi, gostei e torci por eles, algumas cenas ainda estão bem vivas na minha mente, mas achei que não teve um clímax muito empolgante, tudo transcorreu de forma gradual e assim senti como se tudo ali fosse bem real, sem os super desfechos que os livros costumam ter.

Em O Pulo da Gata conhecemos a paulista Maggie May e suas loucuras para se casar, por causa desse sonho ela costuma conhecer um cara hoje e já começa a fazer planos para o grande dia. Alguns levam na brincadeira, outros saem correndo e outros se aproveitam da situação. Será que um dia a Mag amadurecerá e conseguirá encontrar um homem de verdade que a fará feliz e realizará seu sonho!?? Leiam e saberão!!!

Senti esse livro como um Chick lit com toques de drama, mas tudo bem levinho. Gostei das subtramas relacionadas à grande família de Mag, porque o pai dela tinha o hábito de ter relacionamentos curtos que terminavam com o nascimento de filhas que ele 'pegava para criar' e Mag acabou tendo mais cinco irmãs, todas com nomes tirados de musicas, detalhe. Além da família de sangue tem um casal de idosos, amigos que são muito especiais para a Mag em vários momentos da vida dela. Adorei eles 😍😍😍😍 e refleti muito junto com os personagens sobre a velhice etc.

Os capítulos são curtos e divididos em dias, fazendo assim a narrativa em terceira pessoa fluir bem. A narrativa é linear o que me agrada muito, já que aquelas histórias que passado e presente se misturam me deixam louca. O livro nos faz pensar sobre muitos assuntos, entre eles: sobre os tipos de sonhos que podemos ter e a forma como tentamos colocar eles em prática, muitas vezes sem pensar nos riscos que corremos; o valor da família e daqueles que estão ao nosso lado; ao saber perceber as pessoas de bem que nos cercam, ao saber o momento certo de tomar uma atitude que poderá salvar alguém, e ao se permitir ser feliz após decepções e perdas irreparáveis.

Posso dizer a vocês que a protagonista Maggie May começa a história chatinha e até desagradável, mas acaba tendo que amadurecer e aprender a recomeçar após sua vida dar uma volta de 360° nesse aspectos dei os parabéns a ela e a tudo que ela representa, não conheço muitas pessoas que agiriam da mesma forma, já que ficar se lamentando e reclamando é mais fácil. Então por isso a Fernanda França ganhou meu coração, por essa mensagem de motivação e inspiração.

"... casar era muito mais do que uma festa, um vestido, uma decoração bonita. Casar significava passar o resto da vida com aquele que era a melhor companhia de todas as galáxias. O seu grande amor." pág. 278


FERNANDA FRANÇA é jornalista e escritora, pós-graduada em Comunicação Jornalística pela Cásper Líbero e tem cursos de especialização pelo Knight Center for Journalism in the Americas, da Universidade do Texas, EUA. Trabalhou por doze anos como repórter em rádio, sites, revistas e jornais. 

É paulistana, mas mora no interior de São Paulo com o marido, o filho e três gatos. Também é autora de Malas, memórias e marshmallows e 9 minutos com Blanda. Mantém contato com os leitores por meio de seu site www.fernandafranca.com.br e por meio das redes sociais.

Outros livros da autora:



É isso meus amores, espero que tenham gostado da minha breve avaliação dessa leitura leve, mas ao mesmo tempo que faz o leitor refletir sobre várias situações que podem acontecer no dia a dia real dele. Fica a dica de leitura nacional de qualidade!!! #Euleionacioal #Euamoler 
 
Obrigada por visitar, ler e deixar sua opinião!!! 
Não esqueça de deixar o endereço do seu blog para que eu possa retribuir seu comentário, ok!!

6 comentários:

  1. Oi amiga, bom dia.
    Curti a história; acho que darei uma chace pra ela algum dia. Parece ser daqueles livros levinhos, bons pra relaxar a mente e tudo mais (necessários às vezes ^^).
    Enfim, parabéns pela leitura e pela resenha e muito obrigada pela dica de leitura.
    Beijinhos e bom fim de semana!

    Isabelle - Attraverso le Pagine

    ResponderExcluir
  2. Oiii, já tinha visto esse livro em algum lugar, mas na época não cheguei a ler a sinopse, lendo sua resenha, acho que posso gostar da história!!! Vou dar uma fuçada nos preços dele!!! Beijão!!!

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia o livro, mas parece ser um leitura leve e despretensiosa e ainda com direito a mensagem de motivação e inspiração, diria que é uma leitura válida. Dica anotada, vou procurar saber mais da autora e suas obras.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Aline! Essa capa é realmente muito fofa!
    Por isso gosto de ver as opiniões de quem leu mas com o pensamento de pegar o livro para conferir o que eu iria achar, já que uma pessoa pode odiar e a outra amar pelos mesmos motivos. Gostei também da mensagem que essa leitura deixou e fiquei curiosa com o livro!

    beijos
    https://atrasadaparaocha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia essa autora, mas a história do livro parece interessante e a capa é bem fofa mesmo.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?

    Não conhecia esse livro, mas gostei muito da capa. Vou procurar depois no Skoob e tentar solicitar a editora ou comprar. Adorei a resenha e já quero muito ler. Vou tentar ler este ano, quem sabe?!

    Beijos.

    ResponderExcluir